Nos Caminhos de Juramidã

R$58,00

Pré-venda disponível

Como Raimundo Irineu Serra, migrante, caboclo e ribeirinho, veio a se transformar em xamã, curandeiro, mestre… Renascendo na floresta como cipó e folha, como raiz e galhos, iluminando o mundo para muito além das fronteiras que circundaram sua vida. O homem que se tornou Mestre Irineu enfrentou a pobreza, o preconceito racial e religioso, além de perseguições, discriminações e intolerância, e foi capaz de compartilhar com o mundo sua busca espiritual, nascida no coração da floresta e marcada por contornos míticos que até hoje envolvem sua personalidade.

Muito já se falou sobre os caminhos percorridos por Mestre Irineu, no entanto, esses estudos concentram-se no período após 1930 e a fundação do Daime. Pouco se encontra sobre um tempo anterior, um tempo de encontros e vivências na floresta, um tempo de formação que levou ao nascimento de um mestre no interior da floresta. Sobre esse tempo alguns poucos relatos marcados pelo preconceito da época relacionado às crenças indígenas eventualmente ainda são reproduzidos.

Nos caminhos de Juramidã faz um resgate dos conhecimentos ancestrais ao iluminar o processo de formação de Mestre Irineu, principalmente por trazer um olhar despido dos preconceitos relacionados às crenças originárias. Construído em pesquisas, viagens ao Acre e em conversas com indígenas que ainda guardam relatos de encontros com Mestre Irineu, o livro, sobretudo, aborda a relação da natureza nos processos de autoconhecimento e nas formas de canalização que permitem que histórias sejam contadas.

Que esta obra possa se somar ao conhecimento já existente, ampliando o horizonte da vida deste brasileiro que escreveu uma nova história capaz de influenciar pessoas por todo o mundo.

 

Caminhos

Nos caminhos de Juramidã acompanha a jornada de Mestre Irineu a partir de sua cidade São Vicente Ferrer, no Maranhão, em 1908, e se detém nos anos de 1916 a 1920, principalmente em suas primeiras experiências e vivências místicas.

Nesses encontros reside a essência da cultura gestada na floresta e, consequentemente, um olhar de valorização e ressignificação para com as raízes dos saberes ancestrais que transformaram Raimundo em Mestre Irineu.

As origens indígenas da ayahuasca são revisitadas e tornadas vivas por meio da dimensão espiritual da floresta que se apresenta a Mestre Irineu nos saberes da Rainha da Floresta, de Pakaconxinawa, de Tarumim, de Ripi, entre outros que sugerem matrizes africanas como Titango, Agarrube, Soloína.

E assim, os caminhos se desenham no interior da floresta amazônica e Irineu Serra tem sua iniciação nos mistérios das medicinas da floresta, mais precisamente no Acre, próximo à fronteira com o Peru. Por intermédio do amigo Antonio Costa, Irineu conhece o xamã peruano Dom Crescêncio Shipibo-conibo e seu guia Honquihuay Conchango, mais tarde chamado de Dom Pizango, além de um grupo formado por Samuel Pianko Ashaninka, Sueiro Huni Kuin, Pedro Kuntanawa, Crispim Shawadawa, Brandão Shanenawa entre outros que o fazem conhecer o uso do tabaco e do rapé.

Nos caminhos de Juramidã nos leva a um mergulho nos saberes ancestrais, em suas páginas caminhamos entre as árvores e acompanhamos os reveladores encontros que unem dimensões humanas e espirituais. Por fim, somos testemunhas de uma missão que brota no interior da floresta e se manifesta para o mundo como personificação de Juramidã.

 

A edição de Nos caminhos de Juramidã se apresenta com o tamanho de 18×26 cm e cerca de 180 páginas impressas em papel pólen bold 90gr, com capa cartonada e lombada quadrada.

Fora de estoque

Categorias: ,

Descrição

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Título: Nos Caminhos de Juramidã
Autor: Fabio Gimovski
Ilustrações: Fabio Gimovski
Editora: Urukum
ISBN:
Formato: 18 cm x 26 cm
Número de páginas: 184
Edição: 1a
Ano de lançamento:

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Nos Caminhos de Juramidã”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *