workshop

MANDALAS XAMÂNICAS

Mandalas Xamânicas

* Abaixo você pode fazer sua inscrição para o workshop (próximo encontro a ser programado).

Neste encontro vamos nos concentrar na dinâmica da psique integrada ao simbolismo energético da mandala xamânica por meio dos animais de poder. Visitaremos cada uma das funções psíquicas dos totens animais e, de acordo com o movimento energético correspondente, abriremos espaço para novas reflexões e para o autoconhecimento na prática arte-terapêutica.

sobre a dinâmica do encontro

No simbolismo ancestral o círculo é o símbolo do espaço infinito, sem começo e sem fim. Representa a eternidade e a totalidade, começando onde termina e terminando onde começa. Dentro da Roda, sentimos o poder da cura em nossa mente e no nosso corpo, possibilitando um contato com as forças da natureza e do cosmo, levando-nos a uma harmonização interior e exterior com o meio ambiente.

Jung, por exemplo, entende a mandala como a representação simbólica do Self, cuja essência somos feitos e da qual nos afastamos para adaptamos ao mundo exterior, buscando retornar a ela para conhecermos a nós mesmos. A mandala , como a Roda Xamânica, é constituída por desenhos geométricos que inscrevem uns nos outros – círculos, quadrados e triângulos – resultando num grande círculo contendo várias imagens significativas que incorporam a divisão de uma unidade em multiplicidade e a reintegração na unidade, contendo sistemas simbólicos de todos os níveis.

Funções psíquicas

As funções psíquicas dividem-se em Racionais e Irracionais formando dois eixos principais em oposição na Roda Xamânica:
Eixo Pensamento-Sentimento Extrovertidos
vinculado à forma como o sujeito julga a realidade e o
Eixo Sensação-Intuição Extrovertidos
referente à forma de percebê-la. O Eixo Pensamento-Sentimento Extrovertido está mais condicionado à nossa visão de mundo, ao cultural e ao social. Envolve a maneira de processar as informações, avaliar e definir situações.

A integração entre estes dois eixos nos fala da necessidade de nos responsabilizarmos por nossos sonhos e visões, para podermos acolher suas mensagens e compreendermos seus significados, nos movendo no mundo a partir dos aprendizados que eles nos trazem, mas atentos à realidade.

desenvolvimento

mandala xamânica

  • Faremos nossa mandala em círculos de madeira com 40cm de diâmetro e 3mm de altura.
  • Todos os materiais necessários serão fornecidos durante a oficina de criação: mandala, tintas e pinceis.
  • Os animais de poder de cada pessoa serão desenhados previamente a lápis no centro da mandala pelo condutor da oficina para que o processo de criação possa se desenvolver.
  • Símbolos arquetípicos e xamânicos serão exemplificados para que cada participante possa compor sua mandala.
  • Ao final teremos uma cerimônia guiada ao som do tambor, para a benção e consagração da mandala criada.

animais de poder

Que energia estará no centro de sua mandala?

As Mandalas Xamânicas configuram diferentes caminhos e direções, de acordo com o potencial de cada animal de poder: seu propósito, simbolismo, poderes e valores. Também são chamados de totem ou de espírito protetor, os animais de poder são uma ferramenta poderosa do xamanismo, que nos ajuda a encontrar nossa missão e a entender nosso jeito de ser. O Animal de poder é um arquétipo, uma energia ligada com o nosso consciente e nossa força de instinto.

eixos da mandala

Além dos animais de poder vamos orientar nossas mandalas para o trabalho com as direções sagradas.

Direção Sul

  • aponta o caminho da cura da Criança Interior e do amor.
  • função psíquica sentimento
  • elemento Água

Direção Oeste

  • indica o caminho da cura física, o poder da transformação e introspecção.
  • função psiquica sensação
  • elemento Terra

Direção Norte

  • determina a apreensão clara, lúcida e abrangente.
  • função psíquica pensamento
  • elemento Ar
. . . . . . . . . . . .

Direção Leste

  • indica o nascer do sol, representa o nosso ser espiritual, a centelha divina.
  • função psíquica intuição
  • elemento Fogo